Restauro de Peças Partidas

Segunda-feira, Fevereiro 16, 2009

Quantas vezes acontece agarrar numa peça e, sem culpa de ninguém (?) estar partida?
Casas com crianças têem sempre estes problemas…
Existem casos em que é possível restaurar a peça danificada, de uma forma muito simples, que passo a exemplificar.

Este caso é o de uma peça de um presépio, uma Nossa Senhora, que ficou decapitada.
Depois de colar a cabeça ao resto do corpo ficou a notar-se a zona onde tinha partido, além de que a auréola também estava lascada.

Com tintas, que facilmente se encontram à venda em lojas de bricolage (Aki, Izi…), ou em lojas de tintas, escolhe-se o tom mais parecido com o original que se quer restaurar.
Uma simples base de maquilhagem serve para restaurar uma imagem com o tom da nossa pele!

Com um pincel fino vai-se tapando as zonas de união com tinta, podendo sobrepôr-se vários tons para aproximar o mais possível com a pintura original.

Quando é uma peça com uma cor definida é mais fácil, neste caso em que se têem muitos tons envelhecidos vai-se colocando uma parte de castanho e de ouro para disfarçar.
No final pode dar-se umas pinceladas em toda a imagem para que não se note o restauro, e no final quase que obtemos uma peça nova!

Print Friendly, PDF & Email
0
3 Responses
  • Raspas de Laranja
    Fevereiro 16, 2009

    Tu és mesmo o máximo. Tem resolução para tudo e divides com os outros. Obrigada. 🙂

  • Isabel Pisoeiro
    Fevereiro 16, 2009

    Ficou com um óptimo resultado!! 🙂

  • Ana Powell
    Fevereiro 16, 2009

    Excelente trabalho.
    Ficou como nova x

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Por favor não copiar e nem usar as fotos sem a minha autorização. Obrigada.