Arroz Doce Cremoso • Com Farinha Custard • Bimby [Thermomix]

Domingo, Novembro 9, 2014
Arroz Doce photo DSC00796.jpg
Arroz Doce photo DSC00798.jpg
Durante esta semana tenho publicado várias receitas que foram preparadas para o fim-de-semana passado em que se comemorou o Dia de Todos os Santos.
Nesta ocasião reunimos sempre a família, e como calhou num fim-de-semana a festa prolongou-se durante dois dias 🙂
Dias de muita agitação, dias inteiros passados literalmente na cozinha, pois é lá que tudo se passa.
Gostava de ter a minha família aqui mais perto de mim, a minha Madrinha, os meus Primos, os meus Avós. A distância que nos separa não é assim tão grande, de Fátima a Tomar são 30 quilómetros, e com estradas boas, mas a disponibilidade de nos deslocarmos todas as semanas, por exemplo, é que nem sempre permite que estejamos juntos frequentemente.
Os meus Avós já sentem bastante o peso da idade, a saúde deles já conheceu melhores dias, as mazelas de uma vida dura de trabalho e com algumas privações são bem visíveis, principalmente na minha Avó que tem muitos problemas respiratórios.
O meu Avô passou há 15 anos por um cancro nos intestinos que lhe deixou bastantes marcas, a mais notória e sempre presente é o facto de ter que usar saco pois foi-lhe retirado uma grande parte do intestino.
E continua a fazer a sua vida normal.
Tem uma força incrível!
Muitas vezes quando me acontece alguma situação menos boa é neles que penso, no seu exemplo.
Como é que eu me posso queixar de banalidades quando tenho pessoas tão próximas que aguentam todos os dias a privação de um intestino?
E faz a sua vida normal, evidentemente com cuidados especiais, mas anda na horta, vai ao café, anda na sua voltinha diária a pé, vive a sua vida!
Quando nos queixarmos das coisas menos boas que a vida nos dá devemos antes pensar que a única coisa que não tem mesmo cura nem volta a dar é a falta dela, a falta de vida. Quando morrermos tudo acaba, fica cá tudo, deixamos tudo… há que aproveitar enquanto temos a possibilidade de VIVER!
Uma introdução que parece nada ter a ver com a receita, não é?
Enganam-se, tem tudo a ver!
O arroz doce que vos mostro foi decorado pela minha Avó Mariana, e é bem cremoso, fácil de fazer, e muito saboroso.
Ingredientes:
| 1 litro de Leite Meio-Gordo
| 130 gr. de Arroz (usei Risotto)
| 1 Casca de Limão
| 1 Pau de Canela
| 1 pitada de Sal
| 100 gr. de Açúcar
| 4 colheres (de sopa rasas) de Farinha Custard
| Canela em pó para decorar
Preparação:
No copo da Bimby colocar o leite, o arroz, a casca de limão, o pau de canela e uma pitada de sal.
Programar 45 min., temp. 90º, veloc. colher inversa.
Quando terminar o tempo adicionar o açúcar misturado com a farinha custard, previamente dissolvidos num pouco de leite de forma a não ganhar grumos.
Mexer um pouco com a espátula para incorporar no arroz e programar mais 10 min., temp. 90º, vel. colher inversa.
Deitar em tacinhas individuais e decorar com canela em pó.
Arroz Doce photo DSC00749.jpg
Arroz Doce photo DSC00750.jpg
Arroz Doce photo DSC00751.jpg
Arroz Doce photo DSC00752.jpg
Arroz Doce photo DSC00797.jpg
Arroz Doce photo DSC00795.jpg
Segue-me:

               
Print Friendly, PDF & Email
0
16 Responses
  • Diogo Marques
    Novembro 9, 2014

    Cremoso e com um aspecto delicioso!

    Diogo Marques
    Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram

  • Eusa Maciel
    Novembro 9, 2014

    O que é farinha custard?

    • Luísa Alexandra
      Novembro 9, 2014

      A farinha custard é um amido de milho.

      • Ana A.
        Dezembro 11, 2016

        Luisa, entao pode-se usar maizena quando menciona farinha custard?…
        Obrigada ☺️

        • Luísa Alexandra
          Dezembro 11, 2016

          Ana neste caso o melhor é substituíres por gemas. Se for duas colheres de sopa de farinha custard substitui por duas gemas.

      • Ana A.
        Dezembro 12, 2016

        Obrigada!!! <3 🙂

  • Anónimo
    Novembro 9, 2014

    Pois é, nós as vezes não pensamos bem, fica-se triste por coisas banais e à pessoas com problemas maiores que nós! Saúde para todos.
    O teu arroz doce está de dar água na boca!

    Anabela

  • Clara Brito
    Novembro 9, 2014

    Gosto tanto de arroz doce com farinha custard…
    Ficou com um aspecto divinal.

    Beijos,
    Clarinha

    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2014/11/tiramisu-de-melancia-e-banana.html

  • Stef Guedes
    Novembro 9, 2014

    Pois é Luísa,muita gente se queixa de coisas banais,de uma constipaçao ou de uma simples dor de barriga e depois pensamos em pessoas que têm doenças bem piores e que nao se queixam tanto…

    Ando para fazer arroz doce,mas ando sempre adiar,lembro-me em pequena que provei arroz doce e que n gostei,mas acho q nao era cremoso,como o q mostras,o meu marido quando lhe pergunto se gosta diz q nao sabe e a minha filha nunca provou,ja vi varias receitas e queria uma que fosse mesmo boa. Vi em varias receitas tuas,em que ele fica amarelinho,acho que mais amarelo que este,é por causa dos ovos?

    Beijinhos e saúde pra ti e para os teus avós 🙂

    • Luísa Alexandra
      Novembro 9, 2014

      Eu gosto imenso desta receita, é aliás a que sempre faço cá em casa.
      O amarelinho deve-se às gemas sim, eu substituo sempre por farinha custard.

  • sandra neiva
    Novembro 9, 2014

    Não podia estar mais de acordo Luísa com este texto, e é de vida que devemos mimar e amar que cá está.
    Adoro arroz-doce e este cremoso como eu gosto, tenho que experimentar esta receita bem gulosa.

    beijinhos

  • Mary - Strawberrycandy
    Novembro 9, 2014

    Às vezes nem dámos o devido valor à nossa vida,…e só pensamos nisso, quando olhamos para alguém ao nosso lado, que está em piores condições do que nós,…mas vivem,…e nós,…por vezes somos tão injustos.
    O meu marido adora arroz doce, vou experimentar!
    Beijinhos 🙂
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/omeurefugioculinario

  • Cozinha Caseira
    Novembro 9, 2014

    Amar, viver e mimar. Coisas que todos gostamos de fazer 🙂
    Adorei o arroz doce, das sobremesas mais repetidas cá em casa.

  • Marisa Valadas
    Novembro 10, 2014

    Parece um arroz ainda mais guloso

  • Catarina Beltrão
    Novembro 10, 2014

    A receita do arroz-doce já há muito que a conheço e que a faço, frequentemente, cá em casa. Todos adoram.
    A história dos teus avós não a conhecia e tocou-me muito, sobretudo pelo exemplo de coragem. A união da tua família está bem evidente no dia-a-dia deste blog, que sigo desde sempre e pelo qual tenho muito carinho. Um grande beijo e fica (fiquem) bem.

  • Avelã
    Novembro 15, 2014

    Os avôs são sempre corajosos e bons cozinheiros 🙂 Um exemplo, muitas vezes mesmo!
    E esse arroz doce parece incrivelmente bom 🙂

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *