Verniz Gel

Bolo de Iogurte Simples e os Gatinhos Bebés :)

Terça-feira, Março 29, 2016

P1030695

 

P1030694

 

Quando faço uma visita a alguém gosto de levar algo.

Geralmente um bolo ou um doce caseiro.

Acho que é um gesto de simpatia, de mostrar que essa pessoa é importante para nós.

O bolo que hoje vos mostro, apesar de ser mesmo muito simples, foi oferecido a uma pessoa muito querida cá em casa: a Virginie.

A Virginie é a dona da gata mãe do nosso Bartolomeu e da nossa Fifi.

Depois do que aconteceu ao Bartolomeu, e que vos contei AQUI, decidimos que adoptaríamos outro gatinho.

Ditou o destino que a Fininha, a gata da Virginie, tivesse nessa semana mais uma ninhada de gatinhos, desta vez cinco crias. Um gatinho preto, dois brancos e dois malhados. Todos lindos 🙂

Um deles já estava pedido para a casa dos meus Pais, juntamos ao pedido mais um que virá fazer companhia à nossa Fifi [que tem sentido bastante a falta do Bartolomeu…].

A minha Mãe escolheu um branquinho com uma mancha negra, ainda não sabemos se é macho ou fêmea, o nosso ainda não está decidido, mas é indiferente. Gostamos de todos os gatos seja qual for a cor do pêlo.

 

IMG_6873

 

IMG_6876

[Fotos tiradas com o telemóvel. Os gatinhos tinham uma oito dias de vida. Só vem para nossa casa quando deixarem de mamar, geralmente passado quatro semanas.]

 

Voltando ao assunto do post, que é o bolo de iogurte, o que vos mostro foi feito especialmente para a Virginie, de modo a agradecer a alegria que nos tem dado ao deixar que os seus gatinhos venham fazer parte da nossa família. Obrigada Virginie 🙂

 

Ingredientes:

| 4 Ovos

| 150 gr. de Açúcar

| 1 Iogurte Natural Açúcarado

| 80 gr. de Óleo de Girassol

| 200 gr. de Farinha de Trigo

| 1 colher [de sobremesa] de Fermento em Pó

 

 

 

Preparação:

No copo da Bimby encaixa-se a borboleta nas lâminas.

Junta-se os ovos e o açúcar e programa-se 4 min., vel. 4, temp. 37º.

Depois mais 4 min., vel. 4 [sem temperatura].

Retira-se a borboleta.

Adiciona-se o óleo e o iogurte e mistura-se 15 seg., vel. 3.

Por fim a farinha e o fermento, envolvendo 15 seg., vel. 3.

Transfere-se a massa para uma forma sem buraco, untada e polvilhada.

Leva-se a forno pré aquecido a 190º durante uns 20 a 30 minutos, ou o tempo necessário para, ao fazer o teste do palito, este sair seco.

Retira-se do forno e desenforma-se.

 

 

P1030696

 


Fotos: Panasonic Lumix DMC-TZ70EG-K


 

Print Friendly, PDF & Email
3
21 Responses
  • O diário da Inês
    Março 29, 2016

    O bolo de iogurte é dos mais simples e um dos meus favoritos, adoro o sabor e aquela “capa” dura que fica na superfície do bolo.
    Quanto aos gatinhos, são tão fofos! 😀

    O diário da Inês | Facebook | Instagram

  • Magnolia
    Março 29, 2016

    Luísa, se me permite, gostaria de a informar que um gatinho, idealmente, só deve ser separado da mãe aos 3 meses. Sendo aceitável que permaneça com ela até às 8/10 semanas, isso se pretender ter um gatinho equilibrado 🙂

    Outra coisa, os gatinhos brancos que tenham manchas na cabeça, durante o seu primeiro ano de vida, as mesmas desaparecem, ficando completamente brancos.

    • Luísa Alexandra
      Março 29, 2016

      Obrigada pela explicação, não sabia que as manchas desapareciam, pensei que ficassem sempre. Mas isso não é importante, qualquer um deles e bonito e meiguinho. Os nossos gatinhos vieram cá para casa com um mês, foi quando deixaram de mamar e já se alimentavam sozinhos, já sabiam ir à caixa de areia e adaptaram-se muito bem. Com estes iremos seguir o mesmo procedimento, até porque a dona da gata mãe não tem condições para ter tantos gatinhos lá em casa…

      • Magnolia
        Março 29, 2016

        A dona, se gosta verdadeiramente da sua gatinha, deveria começar a pensar seriamente em esteriliza-la. Se soubesse o quanto é mau para a sua saúde…

        Sempre tive gatinhos, é assim uma paixão minha, e também já tive desgostos do tamanho do mundo como se não me bastassem os 3 filhos que tenho :D.
        Gasto imenso dinheiro com eles, na comida, areia e acessórios, os mais giros que encontro, lol
        Neste momento tenho 1 branquinho, mas vou receber outro no final de abril, que é quando fará os 3 mesinhos.

        Desejo-lhe toda a sorte do mundo com o novo membro da família. É verdade que cada um deles é insubstituível, mas os novos vêm preencher um espaço vazio que ficou no nosso coração.

        • Luísa Alexandra
          Março 29, 2016

          A minha Fifi é esterilizada, tal como o Bartolomeu também era castrado. A gata que aparece nas fotos deste post é a mãe deles que teve uma nova ninhada…

  • Joana
    Março 29, 2016

    O bolinho ficou um encanto!
    Gosto muito de bolos de iogurte! Ficam com uma textura tão boa!
    Quanto aos gatinho são um máximo, acho que nunca tinha visto gatinho tão pequeninos.
    Um beijinho

  • Ana
    Março 29, 2016

    Um bolo muito saboroso e uns gatinhos muito fofinhos!

    Ana,
    http://asnossasreceitinhas.blogspot.pt/

  • Tânia Tiago
    Março 29, 2016

    Um bolo simples mas bastante delicioso. Os gatinhos são amorosos!! 🙂
    Beijinhos

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

  • fatima fonseca
    Março 29, 2016

    O bolo é sempre bem vindo.
    E esses gatinhos são tão fofinhos!

  • Prato Caseiro
    Março 29, 2016

    Adoro bolinhos caseiros, o teu está lindo e bem ao meu gosto. Também concordo contigo e gosto sempre de levar um miminho.

  • Pimentinha
    Março 29, 2016

    Estes bolos simples são os meus preferidos!
    Os gatinhos são lindos e ter animais em casa é uma alegria 🙂
    Bjs

  • Nina
    Março 29, 2016

    Os gatinhos são tão lindos!
    Boa semana!
    Nina
    https://www.facebook.com/cantinhodapartilha/

  • carla ramalho
    Março 29, 2016

    Adoro bolos de iogurte, são sempre deliciosos 🙂 e os gatinhos … mesmo fofos 😀
    Beijinhos …
    Guloso qb

  • giuliana
    Março 30, 2016

    Buona e bella questa ciambella!!

  • Ana G. Neves
    Março 31, 2016

    Adoro bolo de iogurte 🙂
    E adoro gatos também! Sempre tive gatos em casa dos meus pais.
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

  • Madalena
    Abril 1, 2016

    O bolo é uma delícia, mas os gatinhos ainda são mais!!! Parabéns pela nova adopção 🙂

  • Rosalia
    Abril 3, 2016

    “A dona se gosta da gata deveria esterilizá-la”???!!! Essa agora! As fêmeas de qualquer animal foram feitas pela natureza para procriarem, ou não? Até parece que a dona da bichinha anda a fazer a gata procriar “a todo o vapor”, ninhada após ninhada! De onde é que a pessoa que fez o comentário pensa que vêm os gatinhos que temos nas nossas casas? De França, no bico da cegonha?! Ou já se fazem virtualmente, no computador?!
    Tal como nós, as mulheres, as fêmeas dos mamíferos só beneficiam de terem filhos, sofrem menos de cancros ginecológicos e gravidezes psico-somáticas. Desde que haja bom senso, que só se deixe procriar um animal que é jovem e está saudável, e sobretudo, se se é um dono responsável, que fica com a ninhada ou tem a certeza absoluta de conseguir bons donos e bons lares para os animaizinhos, deixar a gata (ou cadela, etc.) ter uma ou duas ninhadas não é de todo reprovável, bem pelo contrário.

    Desculpe o arrasoado, cara Luísa, mas não me pude conter.

    Lamento do fundo do coração a vossa perda, sei o que se sente, pois perdi o meu panterinha negra há quatro anos, com uma insuficiência renal, e só agora tive coragem de deixar outro gatinho entrar no meu coração e na minha vida. Adoro o meu Toy “maluco” (cor de caramelo e branco, desta vez), mas todos os dias penso no meu adorado Tico, que me deu o privilégio da sua presença durante 12 anos.

    Cumprimentos,

    Rosalia

  • A Vida no Paraíso
    Abril 8, 2016

    Oh que gatinhos mais fofinhos!!!
    Como é possível alguém ser capaz de fazer mal a seres tão indefesos!
    Que o novo gatinho(a) seja muito feliz com a nova família, tenho a certeza que sim!
    Beijinhos do Paraíso *-*

  • Irene
    Março 29, 2017

    Boa noite, a farinha de trigo que se refere é tipo 55 sem fermento , ou da que normalmente e usa para fazer pão por exemplo?

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *