Jardim do Paço Episcopal de Castelo Branco

Quinta-feira, Abril 7, 2016

P1030373

 

Portugal tem imensos tesouros por descobrir.

Locais lindos por onde passear, descontrair e ao mesmo tempo ficar a conhecer mais sobre a nossa História.

Devido ao negócio do meu marido, que tem uma loja de artigos decorativos e religiosos cá em Fátima, é raro sairmos ao fim de semana para passear, pois é nessa altura que vem mais gente a Fátima. Desde que me casei que me habituei a passar os fins de semana em casa, os meus filhos também sempre assim foram habituados e muito sinceramente é algo que gosto. De ter aqueles dias sossegados em casa. Mas verdade seja dita, também gosto de sair, de passear, de conhecer novos locais.

Duas a três vezes por ano organizo um passeio em família daqueles mais estruturado, com tudo pensado, os locais a visitar, os restaurantes onde ir, o hotel em que ficaremos e os programas a fazer já todos orientados de modo a aproveitar ao máximo o tempo. Geralmente saímos durante três dias, dependendo do local para onde vamos, sempre cá em Portugal.

Faço um roteiro com a cidade/local a visitar e os pontos de interesse que existem por perto, geralmente visitamos sempre monumentos, igrejas [eu adoro igrejas!], castelos, jardins…

De algum tempo para cá que decidimos que, por ocasião dos nossos aniversários, cada um escolheria um local para visitarmos e termos um dia de aniversário diferente, e assim tem sido.

Recentemente o nosso passeio foi a Castelo Branco. Quer dizer, o destino principal foi Unhais da Serra, um local onde quase todos os anos gostamos de ir, ao H2otel. Os meus filhos adoram as piscinas, eu adoro as massagens e tratamentos que por lá se fazem e o meu marido gosta dos trilhos de bicicleta, por isso ficamos todos contentes, cada um à sua maneira 🙂

Para aproveitar a viagem, visto que só poderíamos fazer o check in no hotel a partir das 15H00, orientei um passeio para aproveitar a parte da manhã.

Saímos de Fátima cedo e dirigimo-nos a Castelo Branco.

O dia estava lindo, apesar de frio, mas o sol brilhava e tornava-se ideal para um bom passeio ao ar livre.

Percorremos algumas ruas típicas da cidade e fomos visitar o Jardim do Paço Episcopal onde está a célebre Escadaria dos Reis, representando os Reis de Portugal até D. João I, e a Escadaria dos Apóstolos [para mim a mais interessante pois eu sou fascinada por assuntos religiosos].

Segundo a informação constante na página da Câmara Municipal de Castelo Branco, onde andei a pesquisar antes de visitar o local:

 

O Jardim do Paço Episcopal de Castelo Branco revela-se como um dos mais originais exemplares do Barroco em Portugal. Em especial no que respeita à estatuária: aos aspectos simbólicos e à disposiçăo dos seus elementos em percursos temáticos.

Foi o Bispo da Guarda, D. Joăo de Mendonça (1711-1736) que encomendou e provavelmente orientou as obras do Jardim. Mais tarde, já no fim do séc. XVIII, o segundo bispo da Diocese de Castelo Branco, D. Vicente Ferrer da Rocha fez ali obras de algum relevo. Em 1911, o Jardim passa para as măos da Câmara Municipal por arrendamento e em 1919 adquiri-o a título definitivo.

Este jardim Barroco, em forma rectangular, é dominado por balcőes e varandas com guardas de ferro e balaústres de cantaria. Apresenta cinco lagos, com bordos trabalhados, nos quais estăo instalados jogos de água. No patamar intermédio da Escadaria dos Reis existem repuxos e jogos de água surpreendentes.

Por entre os canteiros de buxo erguem-se simbólicas estátuas de granito, em que se destacam osNovíssimos do Homem, Quatro Virtudes Cardeais, as Três Virtudes Teologais, os Signos do Zodíaco, as Partes do Mundo, as Quatro Estaçőes do Ano, o Fogo e a Caça. Dispostos à maneira de escadório, encontram-se representados os Apóstolos e os Reis de Portugal até D. José I.

No patim superior, encontram-se estátuas alusivas ao Antigo Testamento e à simbologia da água como elemento purificador. O Jardim Alagado, tanque floreado de curvas bem delineadas e canteiros de flores, tem ao centro um repuxo de cantaria por três golfinhos entrelaçados e encimados por uma coroa.

O interesse e curiosidade da iconografia do conjunto escultórico resulta do facto de haver uma aliança singular entre o universo religioso e universo panteísta. 

Este jardim beneficiou de uma profunda e complexa intervençăo de restauro e conservaçăo, no âmbito do Programa Polis, a nível de tratamento de vegetaçăo, reintroduçăo de espécies vegetais originais, recuperaçăo dos sistemas de águas, iluminaçăo cénica e drenagem.

A intervençăo contemplou também na limpeza da cantaria e recolocaçăo de estátuas nos locais originais, recuperaçăo dos muros e do tanque principal, sob a cascata de Moisés. Durante a intervençăo foi descoberto o sistema hidráulico perfeitamente intacto, construído em 1725, procedendo-se à sua conservaçăo e restauro.

 

P1030364

 

P1030363

 

P1030365

 

P1030366

 

P1030367

 

P1030368

 

P1030371

 

P1030374

 

P1030375

 

P1030376

 

P1030377

 

P1030378

 

P1030379

 

P1030380

[Lago das Coroas]

 

P1030381

[Escadaria dos Apóstolos]

 

P1030382

 

P1030383

 

P1030384

 

P1030385

 

P1030386

 

P1030387

 

P1030389

 

P1030390

 

P1030391

 

P1030392

 

P1030393

 

P1030396

 

P1030397

[O meu marido numa das suas habituais demonstrações de afecto 🙂 ]

 

P1030398

 

P1030399

 

P1030402

 

P1030403

 

P1030404

 

P1030405

 

P1030406

 

P1030407

 

P1030408

 

P1030409

[Lago Central]

 

P1030410

 

P1030411

 

P1030412

 

P1030413

 

P1030414

 

P1030415

 

P1030416 P1030417 P1030418 P1030419

 

P1030421

 

P1030423

 

P1030424

 

P1030425

 

P1030426

 

P1030427

 

P1030428

 

P1030430

 

P1030429

 

P1030431

[Escadaria dos Reis e o meu Rei entre eles 🙂 ]

 

Se passarem por Castelo Branco visitem o Jardim do Paço, vale bem a pena.

A entrada é paga, infelizmente neste País a maior parte do nosso património tem que ser pago para ser visto, mas como diz a minha Avó, “que seja pelas alminhas”…

Creio que ficou em 2 euros por pessoa. Crianças até aos 12 anos não pagam.

 

Para almoçar escolhemos o Restaurante Dona Ferreirinha.

Eu e o meu marido experimentamos Lulas Grelhadas e Polvo e os meus filhos o Churrasquinho de Vitela na Brasa.

 

P1030435

 

P1030436

 

 


 

Informações sobre Castelo Branco:

Câmara Municipal de Castelo Brancohttp://www.cm-castelobranco.pt

 

Restaurante Dona Ferreirinha

Rua Tomás Mendes da Silva Pinto, R/C Dto Nº3 • 6000-285 Castelo Branco

Telf. 272 086 621 • Telem. 967 115 998 • http://www.donaferreirinha.com

 


Fotos: Panasonic Lumix DMC-TZ70EG-K

Print Friendly, PDF & Email
3
6 Responses
  • Joana
    Abril 7, 2016

    De facto o nosso país está cheio de sítios lindos 🙂
    O jardim parece fantástico!
    O almoço devia estar óptimo.
    Um beijinho

  • isabel
    Abril 7, 2016

    Olá luisa, as fotos estão muito giras, tens uma família espetacular, sabe tão bem assim uns dias só para a nossa familia bjs

  • Carla Oliveira
    Abril 8, 2016

    Que fotos lindas minha amiga. Quem me dera ter a oportunidade de conhecer esses lugares magníficos.
    Sempre te disse que tinhas uns filhos lindos, mas a Alexandra está uma “gata”. Como ela está diferente…. uma pequena mulherzinha. Ai, ai, o pai que vá preparando as armas….vai ter muita visita de rapazes a quererem cortejar a sua menina. 😉 O Pedro também está um “gato” , olha que genro jeitoso para mim 🙂
    E tu, minha amiga, como sempre, os anos não passam por ti, e estás cada vez mais bonita.
    Beijinhos para todos 🙂

    • Luísa Alexandra
      Abril 8, 2016

      És sempre um doce de pessoa 🙂
      Obrigada!
      A Alexandra Luísa está mesmo muito crescida e é uma grande amiga que eu tenho, acompanha-me em tudo e é sempre muito meiga.
      O Pedro Octávio já está mais alto que eu! Está também muito bonito [sai ao Pai 🙂 ] e é um destroça corações! Se a tua Iara fosse aqui de perto não escapava ao charme 🙂 🙂 🙂

      Beijinhos!

  • Vina
    Abril 8, 2016

    Olá, Luísa! Espero que tenham gostado dessa visita à minha cidade! As tuas fotos fizeram-me ficar cá com umas saudades desses lugares!!! Beijinhos e votos de um excelente fim de semana para ti e a tua linda família.

  • Mary
    Abril 8, 2016

    Luísa obrigada pela partilha destes lugares maravilhosos.
    Quem te acompanha já à uns bons anos (como eu), surpreende-se com o crescimento dos teus filhos. O teu filhote que me perdoe, ele está grande e bonito, mas a tua filhota está diferente, enorme e bonita,…uma mulher 🙂
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

Responder a Carla Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Por favor não copiar e nem usar as fotos sem a minha autorização. Obrigada.