Carne Picada Salteada com Pimentão Doce e Tomilho

Sexta-feira, Janeiro 27, 2017

 

Quando compro carne picada gosto de a cozinhar logo.

Geralmente escolho uma peça de carne, ou vários tipos de carne diferentes, e é picada no talho, já a trago para casa pronta a cozinhar.

Mas não gosto de a congelar assim picada, prefiro sempre cozinhar logo, são manias…

Então ao cozinhar a carne picada, normalmente compro um quilo ou mais de uma vez e cozinho logo tudo.

Consumimos uma parte logo na refeição desse dia e o restante, já cozinhado, eu congelo e fica pronta a usar para outra refeição.

Pode utilizar-se em esparguete à bolonhesa, empadão de arroz, empadão de puré de batata, batatas fritas com carne picada, com arroz, com batatas, com vegetais… são imensas as opções.

Os meus filhos gostam muito de comer carne picada com massa, é uma refeição que pedem frequentemente.

Neste post que vos mostro em seguida mostro como cozinho a carne picada, o acompanhamento depois fica ao gosto de cada um. Numa ocasião servi com esparguete cozinhado no microondas e noutra vez com arroz integral com quinoa, da Cigala. A Cigala tem um arroz pronto a comer muito prático: vem em embalagens individuais que apenas necessitam de ir ao microondas durante um minuto e estão prontas a servir! Já experimentei algumas versões diferentes mas sem dúvida que a minha preferida é esta mistura com quinoa, adoro!

 

Ingredientes:

| Carne picada, a que usei era apenas de vitela mas pode usar-se uma mistura de vaca e porco [1300 gr.]

| 1 Cebola

| 3 dentes de Alho

| Azeite

| 1 folha de Louro

| Pimentão Doce Suldouro

| Tomilho Suldouro

| 1 Caldo de Tempero, usei Knorr Natura

| Vinho Branco

 

Preparação:

Num tacho coloca-se a cebola e os dentes de alho picados e junta-se um pouco de azeite.

Quando começar a estalar adiciona-se a carne picada.

Tempera-se a gosto, usei uma folha de louro, pimentão doce, tomilho e um caldo de tempero.

 

 

 

Junta-se um pouco de vinho branco, mistura-se e deixa-se cozinhar até a carne ficar tenra.

Eu gosto de, no final, aumentar a temperatura para que o molho fique bem apurado.

Serve-se com acompanhamento a gosto.

Como referi acima numa ocasião servi acompanhado com o Cigala pronto a comer, arroz integral com quinoa.

É uma mistura bem saborosa e totalmente do meu agrado.

Basta levar o recipiente com a tampa um pouco aberta durante um minuto ao microondas e está pronto a servir:

 

 

 

 

 

Em outra ocasião servi com esparguete cozinhado no microondas.

Já mostrei AQUI como cozinho massa no microondas:

 

Cozinhar Massas no Microondas • Receita em Vídeo

 

 

Print Friendly, PDF & Email
2
4 Responses
  • liliana barroqueiro
    Janeiro 27, 2017

    ficou uma refeição mesmo apetitosa como tudo aqui no teu blog Luisa!
    um beijinho 🙂

  • Joana Claro
    Janeiro 27, 2017

    Não costumo usar tomilho, vou experimentar!
    https://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt

  • sao33
    Janeiro 27, 2017

    Quando compro peço para picar juntamente com um chouriço e cozinho metade e a outra metade congelo assim crua, já li que não é aconselhavél mas até hoje não tive problemas.
    Uma refeição simples e deliciosa.
    E por acaso hoje estou a usar a minha numa lasanha.
    Bom fim de semana

  • O diário da Inês
    Janeiro 27, 2017

    Gostei muito desta sugestão de tempero! 🙂 Eu também peço sempre para picar a carne na hora e cozinho toda, congelado depois a que for a mais. 🙂

    O diário da Inês | Facebook | Instagram

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Por favor não copiar e nem usar as fotos sem a minha autorização. Obrigada.