Casa • Organização e Decoração

Sexta-feira, Março 17, 2017

Fiquei surpreendida com as visualizações e os comentários que recebi NESTE post em que vos mostre as compras que fiz aqui para casa 🙂

Estou aqui hoje para cumprir o prometido de mostrar o resultado final das coisas colocadas já nos seus devidos locais.

Aproveito e dou uma explicação rápida acerca de tudo assim no geral, mas estou a preparar posts mais pormenorizados acerca de várias coisas, os roupeiros por exemplo. Mostrarei depois em vídeo e com mais pormenores como os organizei.

Bem, começo por relembrar que podem ver os artigos, respectivos valores e os locais onde os comprei em

 

Compras para a Casa • Organização e Decoração

 

Todos estes produtos podem ter várias utilidades. na verdade eu comprei grande parte deles com uma finalidade e, já em casa ao colocá-los nos locais onde eu imaginava que ficassem bem, acabei por mudar de ideia e dar uma utilidade diferente, principalmente às caixas de arrumação.

 

Começo pelos frascos de vidro com tampa em cerâmica com galinhas 🙂

Foi amor à primeira vista.

Assim de repente parecem brancos mas na realidade são em cru, o tom predominante da minha cozinha.

Queria colocá-los mesmo ao lado da máquina de café, mas depois não gostei de os ver lá e optei por deixá-los na prateleira que tenho por cima.

Gostei do ar bem leve e elegante.

Praticamente todas as semanas, quando faço a limpeza grande, mudo a decoração desta prateleira, trocando com outras que tenho na cozinha.

 

 

As caixas de plástico mais pequenas, que foram super baratinhas pois um conjunto de 3 ficou a 0,75€, já tinham destino traçado 🙂

Comprei três conjuntos para assim conseguir 3 caixas azuis, para organizar a gaveta da casa de banho do quarto do Pedro Octávio.

Ao contrário de mim, que detesto azul, o meu filho tem uma predilecção por esta cor, e por isso vou deixando uns apontamentos desta cor no seu quarto.

As caixas são pequenas, tornando-se por isso boas soluções para organização de cotonetes, algodão, giletes, máquina de barbear, enfim para pequenos produtos de higiene pessoal. No caso de meninas dá para molas de cabelo, elásticos, brincos, bijuterias…

 

 

 

As rosas ficaram na sala.

Tenho esta base de marfinite pintada em ouro velho que gosto mesmo muito. Na realidade era um candelabro alto, mas durante a mudança para esta casa partiu-se.

Guardei a base, que está intacta, e colocando assim flores por dentro não se nota que está partido 🙂

Vou contar-vos um segredo… grande parte dos artigos de decoração que tenho em casa vieram da loja do meu marido e estão partidos ou com algum defeito que os impossibilita de estarem à venda numa loja 🙂 Eu dou-lhes uns retoques com tintas que tenho, geralmente dourados porque grande parte das peças são dessa cor, e não se nota mesmo nada que a peça está partida. Ou então coloco assim flores ou panos em zonas estratégicas e cobre a parte partida ou as imperfeições. Mas atenção que isto é segredo, para todos os efeitos tudo o que tenho em casa é novo, hein!!!!

 

 

 

Passando à saboneteira «cheffron», comprei-a em primeiro lugar porque adoro este motivo, depois porque estava com um excelente preço visto que me custou 0,75€ e por fim porque tenho uns tapetes com o mesmo efeito decorativo. Aliás tenho três tapetes porque os comprei para a cozinha, dois em laranja e um em castanho. Mas com facilidade os adapto tanto à casa de banho do meu quarto como à social, ambas em tons de castanho.

 

 

Os tapetes de bambu ficaram na lavandaria.

Arrependo-me de ter comprado apenas dois, consegui comprar mais um depois já de ter publicado o post, mas precisava ainda de mais dois para a cozinha [onde costumo ter três tapetes].

Gosto mesmo muito deles, principalmente pela facilidade com que se limpam. E como aderem bem ao chão não enrolam nas pontas e ficam sempre no mesmo sítio.

Coloquei um mesmo à entrada da lavandaria, é uma das entradas em casa, a que tem acesso directo à garagem, por isso é o local por onde todos entramos e saímos de casa. É raríssimo sair ou entrar pela porta principal de casa, fazemo-lo sempre pela garagem.

O tapete nesta foto está na vertical mas também o costumo colocar na horizontal, dá de ambas as maneiras.

Reparem no porte elegante da minha Fifi Miosótis a «desfilar» diante da máquina de fotografar 🙂 🙂 🙂

 

 

O outro tapete coloquei-o em frente à máquina de lavar roupa.

Estou com ideias de comprar uma máquina de secar da Hotpoint, que é a marca da máquina de lavar, e assim fico com a zona da lavandaria uniformizada. Não gosto de ver assim o meu congelador pequeno naquele sítio, e então ao olhar para esta foto ainda fico com mais vontade de comprar a máquina só para ficar tudo mais bonitinho!!!!!

 

 

Continuando na lavandaria, foi nesta divisão da casa que coloquei o organizador de acrílico.

Antes tinha tudo colocado em pequenos cestos de verga, daqueles pequenos onde costumam vir os coffret com produtos de beleza, tipo gel de duche e creme hidratante. Tenho vários cestinhos desses que tenho vindo a guardar ao longo dos anos e uso-os muito para organizar coisas nas gavetas.

Mas como esta gaveta é pequena precisava de algo que me permitisse tirar melhor proveito do reduzido espaço.

Então achei este organizador mesmo o ideal: tem três pequenos espaços num lado, onde coloquei os protectores para a base das cadeiras e móveis, noutro pequenas ferramentas e parafusos e aquelas pequenas peças que já nem se sabe de onde são mas que se continua a guardar 🙂

No outro lado tem um espaço maior onde consegui colocar as ferramentas maiores que gosto sempre de ter assim a jeito dentro de casa [apesar de na garagem ter mais, estas são as que tenho ali sempre à mão].

Coube ainda uma pequena caixa de latão onde tenho chaves várias e em outra taça pequena coloquei as chaves manuais dos portões, os comandos extra dos portões e chaves desta casa. Assim sei que naquele espaço está tudo o que é referente a esta casa e que pode ser necessário.

 

 

 

 

Aproveito o post para mostrar também a gaveta ao lado, que também organizei e onde tenho as bolas doseadoras para detergente líquido, escovas várias para a roupa, uma máquina tira borbotos e os sacos para roupa delicada [gosto de colocar os meus soutiens a lavar dentro destes sacos para proteger os aros de metal e não os danificar]. Sendo esta gaveta mesmo ao lado da máquina de lavar roupa dá imenso jeito ter assim ali tudo pronto a usar, apenas tenho que abrir a gaveta, retirar o que preciso e com facilidade encontro tudo.

 

 

Também na lavandaria, onde tenho um «tanque» pequeno, coloquei o doseador para sabonete líquido.

Gostei mesmo muito do ar vintage que tem e adorei vê-lo neste local pois tenho um quadro com os mesmos tons de verde, ficou mesmo bem.

O meu Bartolomeu Júnior adorou andar sempre comigo a tirar fotos e fez questão de pousar de modo subtil nas mesmas 🙂

Quem tem gatos percebe-me bem!

 

 

 

Ainda com o Bartolomeu Júnior como protagonista, mostro a finalidade do tapete para animais.

Dá para se colocar à entrada da caixa de areia ou então assim com a sua comida. Mesmo que caia resto de comida ou entornem a água o tapete ajuda a manter a zona mais limpa.

 

 

Vamos agora para as caixas de arrumação, principal motivo das minhas compras 🙂

Eu gosto muito do sistema de arrumação em caixas.

É um método que funciona muito bem para mim.

Evidentemente que nem toda a gente aprecia este sistema de organização, caberá a cada um usar e adaptar as coisas ao modo a que ache mais fácil encontrar o que precisa em sua casa.

Quando vou às compras e arrumo depois os produtos coloco tudo nos respectivos locais: tenho uma caixa para os sacos do lixo, uma para os esfregões e luvas, outra para ambientadores.

Aqui não mostro essa parte, mas tenho também caixas com pilhas, ferramentas, objectos vários, tenho uma zona onde guardo apenas as peças dos meus aspiradores e máquinas a vapor. Esta parte de organização ficará para outro post.

Aqui apenas irei mostrar como usei os cestos que comprei.

Para ser mais fácil a identificação do seu conteúdo coloquei etiquetas que permitem que qualquer um aqui de casa identifique com facilidade o seu conteúdo sem ser preciso estar a tirá-la.

Estas etiquetas já mostrei AQUI como as faço e uso-as à muitos anos com as mais diversas finalidades. Nesse post mostrei como as uso em sobremesas, mas gosto tanto do design delas que as tenho em várias coisas.

Escrevo os produtos que estão na caixa, faço um furo com um furador normal, coloco um fio e ato-as na alça da caixa.

Simples e eficaz 😉

 

 

Quando resolver mudar as coisas e quiser usar as caixas para outros produtos basta retirar as etiquetas.

Para o roupeiro do wall de entrada reservei os cestos e a caixa da mesma coleção. A caixa com tampa ficou como caixa de primeiros socorros, com pomadas, água oxigenada, álcool, pensos rápidos, betadine e medicamentos.

Nas outras duas caixas coloquei o excesso de produtos de higiene e casa de banho. Cada um tem no seu quarto os produtos que precisa, depois o que compro a mais é colocado nestes cestos. Contém gel de duche, shampoo, desodorizantes, algodão, gel sanitário, ambientadores para sanitas, pastas de dentes e escovas de dentes, caixas de cotonetes…

Ao lado está um cesto grande de plástico onde coloco os rolos de papel higiénico [compro sempre as embalagens maiores e rende imenso].

 

 

O cesto que vos tinha mostrado no post das compras esteve primeiramente reservado para colocar os rolos de papel higiénico, foi com essa finalidade que o comprei.

Mas depois ao fazer a organização de tudo achei melhor usá-lo para colocar as mochilas de desporto pois assim ficam todas visíveis e organizadas.

Estas mochilas são usadas para as actividades desportivas, quando é preciso cada um de nós tira a mochila, tem logo nesse armário também as toalhas que usamos para esse efeito [tipo toalhas de praia].

Ao lado tenho a nossa mala grande de viagem, que ocupa mesmo bastante espaço, e onde aproveito para colocar por cima os tapetes de casa de banho que não estão a uso.

 

 

Recordam-se dos cestos que encaixam nas prateleiras para criar um espaço extra de arrumação?

Pois um deles foi colocado neste roupeiro, tem algumas peças mais pequenas, como as luvas de ginásio e toalhas de rosto.

Como são bastante vazados não dá para se colocar qualquer tipo de artigos, mas por exemplo para roupa, cintos, toalhas de papel, panos de limpeza, livros… serve na perfeição.

 

Na foto abaixo tem-se uma ideia geral da organização do roupeiro.

Foi projectado para esconder os quadros elétricos da casa, tentei aproveitar o espaço ao máximo mas mesmo assim só consegui que tivesse três prateleiras: a do topo cujo acesso apenas se consegue com um escadote é onde coloco artigos que uso pouco, como as malas mais pequenas de viagem [o espaço vazio é de uma mala que o meu marido tinha levado em viagem, quando eu tirei estas fotos ele não estava cá], num canto aparece outra mala e no outro lado tenho um saco cama e algumas almofadas decorativas.

Depois por baixo é onde tenho o espaço maior, mas também o mais difícil de aproveitar, por causa dos quadros elétricos. É certo que praticamente não se abrem, mas também não os posso tapar com prateleiras, ou seja fico ali com um espaço inutilizado. Aproveito para colocar os cabides que não estão a uso, quando recebemos convidados cá em casa é aqui que penduram os casacos.

Num dos cantos coloquei um carrinho organizador com prateleiras, retirei-lhe as rodas par que não se movesse e nele coloquei as toalhas de praia.

 

 

Nesta foto vê-se a outra zona do roupeiro onde no topo tem as almofadas, que uso no Natal, depois o cesto com os rolos de papel higiénico e por baixo o meu UNICO da Polti e o caddy com panos e produtos de limpeza diários. Dá-me jeito que estejam neste roupeiro pois é na zona dos quartos, sempre que vou arrumar os quartos levo o caddy e tenho ali tudo o que preciso..

 

 

Visto que achei os cestos de arrumação tão perfeitos e práticos comprei mais três, aproveitando a promoção leve três pague dois. Comprei os tamanhos maiores para usar no roupeiro do meu quarto, substituindo os que lá tinha e que já eram bastante antigos e não eram forrados nem tão giros. Era apenas de verga simples. Aproveitei-os para outro armário que depois mostrarei.

Então coloquei estes cestos na parte do roupeiro onde tenho as minhas coisas. O roupeiro do meu quarto é basicamente um pequeno corredor em que num lado tenho uma parte para as minhas coisas e na outra parte as coisas do meu marido. Claro que a minha parte é maior, mas isso nem é de estranhar 🙂 🙂 🙂

Todos os roupeiros desta casa são bastante profundos, permitindo por isso na parte das prateleiras ter imensa arrumação.

Eu gosto de ter tudo o mais visível possível, mas com armários profundos nem sempre isso é possível. Nesse sentido os cestos tornam-se uma excelente ajuda, permitindo colocar objectos que não se usam frequentemente, como malas, acessórios de cerimónia, num deles tenho calças de ginástica, coisas assim.

As minhas bijuterias gosto de as colocar em vários locais do roupeiro, tenho-as separadas e assim como decoração [apesar de ser só eu a usar este roupeiro, gosto de o abrir e ficar contente com o que vejo 🙂 ].

 

 

 

 

Relativamente aos roupeiros eu irei fazer posts individuais a mostrar cada um deles, pois todos tem particularidades que eu acho interessantes, aqui mostrei apenas a organização que fiz com os cestos e caixas.

Bem, o post ficou extenso mas quando eu começo a falar [neste caso escrever] é difícil parar!!! 😉

 

Print Friendly
17
22 Responses
  • Stef Guedes
    Março 17, 2017

    Bem Luisa, quem me dera ter o teu espaço pra arrumaçoes, na mnha casa nem metade tenho, enerva.me isto.
    Uma pergunta, aqueles frascos c as galinhas, disseste q havia c outros animais e cores?? Tbm keria ver pra mnha futura cozinha, pra pôr as capsulas do cafe (bela ideia) mas queria em vermelho.
    Gostei dos teus tapetes da lavandaria e parecem ser granditos. Em relaçao á maquina de secar tenho uma hotpoint e é um maximo.
    Esse tapete laranja mais a saboneteira sao mxm giros, gostava de um assim,mas noutra cor pra mnha cozinha.

    Aguardo pelo teu post dos roupeiros.
    Bjinhos

    • Luísa Alexandra
      Março 17, 2017

      Os frascos creio que existem apenas com a tampa com as galinhas, o que há é depois outros animais em cerâmica, mas apenas os animais [não comprei nenhum…]. E creio que só havia neste tom neutro, não me recordo de ver cores. Mas existe outra variedade imensa de frascos de outros formatos e cores, eu apenas mostrei o que comprei mas nesta loja onde fui tinha mesmo imensas coisas.

      • Stef Guedes
        Março 17, 2017

        Obrigada

  • Clara
    Março 17, 2017

    Ameeei!!
    Continue que adoramos 🙂

    beijinhos bom fim de semana
    Clara

  • Dulce
    Março 17, 2017

    Olá Luísa! Muito bom este post de organização! Gostei imenso e já ando a fazer publicidade ao teu blog pelas colegas…eheheheh
    Quanto à máquina de secar, queria perguntar-te se tens bom feed-back dessa marca. É que já me disseram que a de lavar é excelente, já a de secar…
    Estou com medo de investir dinheiro e depois assim que a garantia acabar…acaba-se a máquina também.
    Seja como for, estou com tempo que agora vem aí o Verão, só devo comprar lá para o Outono. Seja como for, vou ter que comprar uma, queria era acertar na marca!! Continua com estes posts de arrumação e organização e faz uns vídeos, são sempre mais apelativos!!! Beijinhos e desejo-te tudo de bom para ti e para a família!!

    • Luísa Alexandra
      Março 17, 2017

      Dulce a minha máquina de lavar é Hotpoint de 9 kilos e adoro-a, gosto mesmo imenso de todos os programas, de conseguir programar para começar a trabalhar à hora que quero e principalmente do resultado da lavagem, que é o mais importante. A máquina de secar não te posso dar referências, eu estou interessada em comprar uma desta marca para assim ter tudo igual e uniformizado, mas só realmente quando a tiver é que sei se é boa!

  • Beatriz Cruz
    Março 17, 2017

    Tudo muito lindo e ideias geniais de arrumação. Parabéns.
    Bjinhos .

  • Natália Vieira
    Março 17, 2017

    Que maravilha! adoro cada pedacinho que tem mostrado. Super bem organizado e elegante! Eu tenho um bebé com 15 meses e a minha dificuldade prende-se em arrumar os brinquedos no quarto dele é também as roupinhas que já lhe vão deixando de servir. Comprei uma caixa enorme plástica e transparente no ‘chines’ a qual já se encontra cheia. O problema é que é tão grande que não cabe no guarda-fatos, na o a queria por na arrecadação/garagem com medo que fique com bolor :/ alguma sugestão que possa dar ou dica? Gostaria muito! Sou mega fã e (quase) vizinha! (Moro na Benedita entre as caldas e Alcobaça! 🙂 Beijinhos

    • Luísa Alexandra
      Março 17, 2017

      Obrigada Natália 🙂
      Olha eu sempre tive sommiers em todos os quartos, e era lá que guardava as caixas com as roupas que os meus filhos já não usam. Nesta casa o que quero guardar coloco em caixas que depois ficam no topo dos roupeiros, que tem aproveitamento até ao tecto propositadamente para isso. Os brinquedos colocava em cestos e tinha por toda a casa. Quando eram pequenos tinham um tapete de actividades na cozinha onde brincavam enquanto eu fazia o jantar, eu acho que até mostrei isso aqui no blog, deixa-me procurar o post e já te deixo o link… E depois na sala tinha um cesto com alguns brinquedos, no quarto também, até na casa de banho, distribuía tudo pela casa para assim não ter que andar com brinquedos de um lado para o outro.

    • Luísa Alexandra
      Março 17, 2017

      Olha o post que te falei é este: http://luisaalexandra.com/2009/02/cantinho-da-brincadeira/

  • Cristina teixeira
    Março 17, 2017

    Olá luisa adorei as propostas, e ajuda me muito a saltar da preguiça da depressão e ir arrumar as coisas, o meu problema é que não tenho roupeiros de arrumação, terei que pensar em reformular a casa. Esses são do Ikeia? Ou mandados fazer á medida? É que acho os materiais iguais
    Obrigada beijinhos e os seus posts são terapia para mim ( mãe de gêmeos não durmo 6 h seguidas há 4 anos )

    • Luísa Alexandra
      Março 17, 2017

      Os roupeiros cá de casa foram feitos por medida numa fábrica aqui de perto.
      Coragem com os teus gémeos 🙂 Pensa positivo e pede ajuda sempre que precisares 😉

  • Carina
    Março 17, 2017

    Luísa os teus posts são uma inspiração.

    Para mim, que me juntei à +/- um ano e ainda tudo é confuso e caótico, são preciosos.

    Continua por favor.

    Obrigado.

  • Raquel
    Março 18, 2017

    Está tudo muito bonito e bem organizado! 🙂 Beijinhos

  • Cristina Teixeira
    Março 28, 2017

    Ola Luisa, sou viciada em coisas para a casa mas acho que já tenho coisas a mais, como posso fazer para “triar” as coisas que acho que já não vou usar? começo por colocar de lado mas depois tenho pena de me desfazer delas, como terei de fazer?
    Obrigada pela ajuda, Beijinhos

    • Luísa Alexandra
      Março 28, 2017

      Cristina, como vês eu também tenho imensas coisas 🙂
      Quando dou uma limpeza geral e faço uma triagem mais profunda do que quero manter e do que realmente já não uso coloco esses artigos que já não uso numa caixa e levo para a garagem. Geralmente são artigos que dou se estiverem em bom estado ou aqueles que já não estão em condições vão para o lixo. Mas tenho imensas coisas que já não uso há anos e que mantenho, não me desfaço de tudo o que não uso!

  • Claudia
    Abril 8, 2017

    Boa tarde,
    Ajude-me por favor, gostaria de comprar uma banca para a minha lavandaria como a sua mas em Portugal nao encontro a venda. Pode dizer-me onde adquiriu ou como fez?
    Obrigada! Adoro as suas dicas 😉

    • Luísa Alexandra
      Abril 8, 2017

      Referes-te ao tanque de alumínio?

      • Claudia
        Abril 9, 2017

        Sim, mesmo isso 😉

        Obrigada!

        • Luísa Alexandra
          Abril 9, 2017

          Encomendei na fábrica que me fez os móveis de cozinha e lavandaria. Mas já vi à venda no Aki e em lojas de materiais de construção.

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Por favor não copiar e nem usar as fotos sem a minha autorização. Obrigada.