Piolhos? O que fazer?

Segunda-feira, Setembro 25, 2017

 

Com o início do ano escolar chega também o problema dos piolhos.

Acho que ainda é um tema tabu, que não se gosta de falar, mas é uma realidade e acontece em todas as escolas e em crianças de praticamente todas as idades.

Todas as escolas que os meus filhos frequentaram sempre tiveram o cuidado de avisar os Pais sempre que surge um surto de piolhos. Mandam uma comunicação para casa para que se fique atento a comichões, e se tal acontecer pedem que se faça o tratamento contra os piolhos às crianças. Se todos o fizerem rapidamente se controla e resolve este problema, o pior é quando se deixa arrastar a situação e quem sofre são as crianças.

Sempre que começa a escola faço a prevenção contra os piolhos, principalmente no cabelo da minha filha. Primeiro porque é a mais nova [e os mais novos tem tendência a apanhar mais rapidamente piolhos] e depois porque tem imenso cabelo e comprido. Duas a três vezes por semana pulverizo-lhe o cabelo com um spray que ajuda a prevenir os piolhos. Uso até se gastar, dura à volta de um mês mais ou menos. Se receber algum aviso da escola com a informação de surto de piolhos faço logo o tratamento com o spray que elimina os piolhos e as lêndeas.

Sinceramente não ando à espera de encontrar algum piolho vivo, até porque acho que nunca vi nenhum 🙂 Ao primeiro aviso recorro logo ao tratamento e fico descansada. Aliás eu só de ouvir falar em piolhos acho que fico logo com comichão na cabeça!!!! Detesto!

Lembro-me de quando era pequena na minha escola houve uma infestação tão grande que todos apanhámos piolhos, a minha Mãe até me cortou o cabelo curtinho por causa disso, desde aí fiquei com uma raiva aos piolhos que é daquelas coisas que prefiro tratar sem os ter do que alguma vez os sentir na cabeça!

Os produtos hoje em dia são super simples de usar, basta colocar o spray que elimina os piolhos no cabelo seco, massajar e deixar actuar 15 minutos. Depois lavar muito bem, eu gosto de repetir a lavagem para tirar bem o produto do cabelo [pois já actuou e não é necessário que fique no cabelo]. A embalagem traz também um pente, o Paranix, que foi o produto que usei este ano, traz um pente metálico [bem melhor do que os pentes de plástico que partem o cabelo todo…] e depois basta pentear bem o cabelo e verificar se sai algum piolho morto 🙂

Na embalagem aconselha-se a repetir este processo passado uma semana para garantir a total eliminação dos piolhos e lêndeas.

 

 

 

 

Com o spray de prevenção a aplicação é mais simples, basta apenas pulverizar o produto no cabelo seco e depois pentear como o costume.

O spray de prevenção dá para toda a família, assim que aparecem estes surtos mais vale prevenir e proteger logo todos os membros da família.

 

Print Friendly, PDF & Email
4
5 Responses
  • Luísa Cunha
    Setembro 25, 2017

    Olá Luísa,
    Sou seguidora do seu blog.
    Também tenho o mesmo problema com as minhas filhas.
    Para fazer uma manutenção mais saudável pode acrescentar ao champo umas gotas de óleo essencial de malaleuca. Nem de prepositivo hoje publiquei no meu humilde (ainda está muito no inicio) blog um artigo sobre a malaleuca.
    http://fragranciasdaterra.webnode.pt/
    Obrigada pelas suas partilhas

    • Luísa Alexandra
      Setembro 25, 2017

      Obrigada pela sugestão! É sempre bom conhecer assim alternativas! Beijinho.

  • Bárbara Clara Brito
    Setembro 25, 2017

    Olá, Luísa
    É não é só os miúdos, quem trabalha com os miúdos também convém fazer tanto a prevenção como o tratamento. Eu tenho arrepios de pensar nisso e quando vejo algum aviso de pediculose uso e abuso ainda mais…

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/09/a-cozinhar-com-claudia-e-uma-massa.html

    • Stef Guedes
      Setembro 26, 2017

      Oh Luísa eu sou uma batida neste tema, durante 4 anos a minha filha apanhou piolhos, eu fazia tratamentos atrás de tratamentos, pk nós fazemos o tratamento e os outros pais?? Passadas poucas semanas a minha filha já coçava a cabeça outra vez, era desesperante. Com tanto tratamento tive q comprar outro shampo na farmácia pk ficou c o couro cabeludo irritado e o dinheirão q eu gastei? Até que mudou de escola e tudo parou… Era terrível e o paranix foi um dos muitos que usei.

      • Luísa Alexandra
        Setembro 26, 2017

        Em todas as escolas que os meus filhos andaram sempre houve o cuidado de avisar os Pais nestas situações, o que eu considero essencial para resolver o problema. Temos que ser mesmo todos a agir para as coisas se resolverem.

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Por favor não copiar e nem usar as fotos sem a minha autorização. Obrigada.