Bolo de Aniversário • Bolo de Baunilha com Massa Folhada e Creme de Pasteleiro

Terça-feira, Março 27, 2018

 

 

O dia do meu aniversário foi festejado intensamente: de manhã tivemos um pequeno almoço em família, como aliás é normal todos os dias, mas em que recebi presentes muitos especiais do meu marido e dos meus filhos, um deles a surpresa de uns dias de mini férias a 4, algo que muito me agrada. Gosto de sair durante pouco tempo, pois adoro a nossa casa, mas sabe bem sair dois ou três dias para conhecer novos locais, espairecer e passar tempo de qualidade com os meus filhos e o meu marido.

Depois almocei com o meu marido. Só nós os dois. Fomos conhecer um restaurante novo a Leiria [tinha a ideia de fazer um post acerca desse restaurante, pois tinham-me falado muito bem acerca dele, mas não tive uma experiência que ache que valha a pena partilhar, por isso não o farei 🙂 ]. Apesar do tempo de espera e do pouco ou praticamente nenhum cuidado no atendimento, a comida estava razoável e o vinho bem melhor, valeu o tempo que passámos juntos e pusemos a conversa em dia 🙂 🙂 🙂

Fomos visitar o meu Avô Joaquim. A parte que me trouxe lágrimas pela lembrança de ser o primeiro ano em que a minha Avó Mariana não me deu os parabéns… custou-me tanto…

À tarde foi o lanche com os colegas de trabalho. Temos a tradição na empresa onde trabalho de o aniversariante pagar o lanche.

Chegou a noite e reuni a minha família de casa, os meus Pais, Irmão, Cunhadas, Cunhado, Sobrinhas e Sogra para um jantar num dos meus restaurantes preferidos cá de Fátima, o Crispim.

Foi mesmo um dia intenso de festejos 🙂 Assim vale a pena fazer anos!!!!!

Ah, e no dia seguinte partimos de mini férias, por isso este ano o meu aniversário foi assim para além de especial 🙂

Para comemorar a ocasião preparei dois bolos, um para o lanche [que irei mostrar noutro post] e outro para a noite em família, que vos mostro hoje.

Um bolo simples, contudo decorado a rigor!

A massa do bolo é bem simples, optei por preparar um bolo com aroma de baunilha. Juntei massa folhada para dar um toque especial, e ainda creme de pasteleiro.

Aqui está o resultado 😉

 

Ingredientes:

| 5 Ovos

| 150 gr. de Açúcar

| 70 gr. de Iogurte Grago Natural

| 70 gr. de Óleo de Girassol

| 1 colher [de sobremesa] de Aroma líquido de Baunilha

| 200 gr. de Farinha de Trigo

| 1 colher [de sobremesa] de Fermento em Pó

 

| 1 placa de Massa Folhada fresca

 

Creme de Pasteleiro:

| 550 gr. de Leite

| 4 Ovos

| 100 gr. de Açúcar

| 45 gr. de Amido de Milho [Farinha Maizena]

| 40 gr. de Margarina

| 1 colher [de sobremesa] de Aroma líquido de Baunilha

 

 

Preparação: 

Bate-se bem os ovos com o açúcar até se obter uma mistura homogénea e espumosa.

Junta-se o iogurte, o óleo, o aroma de baunilha [este que usei comprei no Aldi cá de Fátima], a farinha e o fermento.

Mistura-se mas em velocidade média, terminando depois de envolver a massa com uma espátula.

 

 

Transfere-se o bolo para uma forma previamente untada com margarina e polvilhada com farinha.

Leva-se a cozer a forno pré aquecido a 200º na função ar forçado com resistência de cima e de baixo durante uns 20 minutos, ou o tempo suficiente para, ao fazer o teste do palito, este sair seco.

Assim que estiver cozido retira-se do forno, deixa-se arrefecer um pouco e desenforma-se.

Enquanto isso leva-se a massa folhada ao forno.

Visto que só tinha massa folhada redonda foi a que usei, mas como o bolo foi cozido numa forma quadrada no final cortei a massa no tamanho desejado.

Para que a massa folhada fique compacta e bem crocante coloquei-a num tabuleiro de forno, com papel manteiga por baixo, e por cima da massa folhada coloquei duas bases de silicone para fazer peso. Assim ficou bem baixinha e crocante, que era o pretendido:

 

 

Cozinha-se no forno a 200º, função ar forçado com resistência de cima e de baixo até ficar bem douradinha.

No final usei a forma do bolo para cortar a massa folhada na medida exacta do bolo e usar como base para o bolo:

 

 

 

Prepara-se o creme pasteleiro, colocando todos os ingredientes num tacho.

Leva-se ao lume até engrossar:

 

 

 

Faz-se então a montagem do bolo.

Na base a massa folhada, uma camada de creme de pasteleiro, depois o bolo e novamente creme de pasteleiro.

 

 

Para decorar usei as aparas da massa folhada, que desfiz com as mãos e coloquei por cima do creme de pasteleiro.

Juntei ainda chocolate branco, aproveitei uns pedaços de ovos de chocolate branco que fiz e que se partiram ao desenformar, foram aproveitados para decorar o bolo.

Juntei ainda morangos, framboesas e mirtilos.

 

 

 

 

 

 

 

Saliento o facto de a receita de creme de pasteleiro render bastante.

Além de usar neste bolo sobrou ainda o suficiente para preparar uma tarte, mas eu usei apenas como recheio, mas coloquei o bolo completamente coberto com o creme de pasteleiro. Tenham em atenção que se fizerem do mesmo modo que eu provavelmente irá sobrar creme de pasteleiro 🙂

 

 

Print Friendly, PDF & Email
12

Ainda não tem comentários.

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *