Gratinado de Massa e Frango

Segunda-feira, Março 5, 2018

 

No dia em que vos escrevo este post está a chover.

Não chove a potes, mas é uma chuva que molha 🙂

As previsões são que assim continue durante os próximos dias, por isso provavelmente quando este post for publicado [geralmente faço os posts com uma ou duas semanas de antecedência…] deverá continuar a chover, assim o espero pois o nosso País está mesmo a precisar de chuva!

Eu sei que a maior parte de vocês não gosta de chuva, que se queixa constantemente da chatice que é quando chove, mas pensem no que seria de nós se não chovesse.

As culturas, os animais, as plantas, as flores, tudo à nossa volta seria tão diferente!

Não há vida sem água, até podemos viver com pouca comida, mas não se consegue viver sem água. A chuva é tão necessária que eu realmente fico incomodada quando ouço queixas acerca dela! Irrita-me mesmo!

Mas claro que cada um tem direito a preferir sol à chuva 🙂

Eu sempre gostei imenso de chuva, talvez por não ter que andar o dia inteiro na rua e sofrer com algum incómodo que possa trazer, é bem verdade! Gosto simplesmente porque gosto, é daquelas coisas que não se conseguem explicar. Nem é preciso. Podemos gostar só porque sim 🙂

A chuva traz-me vontade de cozinhar, de preparar refeições bem reconfortantes.

Como a que hoje vos mostro 😉

 

Ingredientes:

| Bifinhos de Frango, usei 6

| Azeite

| Alho

| 1 Caldo de Tempero de Alho e Coentros

 

| Massa, usei farfalle

| Alho

| Azeite

| Flor de Sal

 

| Queijo mozarella ralado

 

Preparação:

Coze-se a massa escolhida em água temperada com um fio de azeite, um dente de alho e flor de sal.

Quando estiver al dente escorre-se e transfere-se para um pirex de forno.

 

Numa frigideira coloca-se um pouco de azeite e dois dentes de alho picados.

Junta-se os bifinhos de frango e o caldo de tempero e cozinham-se de ambos os lados até ficarem a gosto.

Transferem-se para cima da massa e polvilham-se com um pouco de queijo ralado.

Leva-se a forno pré aquecido a 200º, no meu forno uso a função tostar.

Assim que o queijo derreter e dourar ligeiramente retira-se e serve-se.

 

 

Acompanhei com uma salada de tomate mini com queijo Grana Padano e orégãos.

 

 

 

 

 

E para terminar uns morangos, deliciosos!

 

Print Friendly, PDF & Email
9
5 Responses
  • Mary
    Março 5, 2018

    Que maravilha de sugestão,…e tão prática,….é mesmo como gosto, refeições simples e práticas para o dia-a-dia,..Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

  • Marlene Teixeira
    Março 5, 2018

    Confesso que os sucessivos lamentos da chuva também me irritam, mas cada um sabe de si.

    E dias assim combinam mesmo bem com pratos como este. Amo gratinados. Tudo que leve queijo para mim está de bom tamanho.

  • Maria João
    Março 5, 2018

    Prefiro esta chuva agora que lamentar-me da sua falta aqui a uns meses! A chuva é boa! Num contexto citadino, lava as ruas e dá uma sensação de recolhimento tão boa, faz-nos pensar em tardes à lareira,com um bom sofá, um livro, uma mantinha e um amiguinho de 4 patitas, junto de quem se gosta!
    E esta sua receita, tão simples, mas tão apetitosa, deixa-me já a pensar no jantar! ☺

  • Fabiana
    Março 5, 2018

    Sou assim como você. Adoro dias cinzentos e de chuva. O barulhinho que faz quando a chuva bate nas pedras faz relaxar bastante!
    Sobre a receita, é ótima para os dias de chuva! 🙂

  • Anabela
    Março 6, 2018

    Óptima sugestão. Vou experimentar. Obrigada.

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *