Lombinho de Porco na Frigideira com Arroz Simples

Terça-feira, Novembro 6, 2018

 

Cozinhar todos os dias não é fácil!

Quer dizer, cozinhar é fácil sim, mas o meu problema é mesmo decidir o que cozinhar todos os dias 🙂 🙂 🙂

Tento variar nas refeições, mas por vezes tenho dias em que não tenho nenhuma ideia do que preparar, nem me apetece assim nada específico que me ajude na decisão.

Quando tal acontece viro-me para o básico. Para aquelas refeições mais simples possíveis, que para mim são as melhores, diga-se de passagem, e para todos em minha casa.

Como esta que vos mostro, que foi o nosso jantar num dia em que eu tinha tudo atrasado, mas mesmo tudo! Andei o dia inteiro com as coisas a correrem mal, não consegui fazer praticamente nada a que me propûs, o que para mim é muito frustrante…

Gosto de sair de casa e deixar tudo minimamente arrumado, mas nesse dia eu fui a primeira a sair pois tive que ir fazer uns exames… as camas ficaram por fazer, não deixei nenhuma roupa na máquina a lavar [e tinha imensa…], só consegui ir depois a casa durante a hora de almoço para deixar umas compras mas nem tive tempo de as arrumar… foi assim um dia preenchido demais para o meu gosto! Eu sou daquelas pessoas que preciso sair de casa e deixar tudo feito para me sentir bem 🙂 Provavelmente muitos dos que me lêem vão achar isto um capricho, ou não vão entender esta minha mania, e eu confesso que é difícil para mim explicar, mas é uma coisa dentro de mim que não me deixa andar bem se souber que as camas não estão feitas, ou a casa está desarrumada, ou tenho roupa para pôr a lavar ou para estender e que podia ter dado conta disso e não consegui… é um sentimento que me persegue ao longo do dia e só descanso quando chego a casa e coloco tudo em ordem!

Eu sei que pode ser considerado paranóia, mas olhem, é a minha maneira de ser!

Sério que já tentei mudar e não ser assim tão «picuínhas», mas não consigo! Volto sempre ao mesmo, é só mesmo assim que me sinto bem!

Manias 😉

Bem, toda esta explicação pois foi o que aconteceu no dia em que preparei esta refeição!

Andava «a mil», quando cheguei a casa depois do trabalho tinha imenso por fazer, precisava de um jantar rápido que não sujasse muito a cozinha para conseguir despachar tudo.

Um arroz simples, que cai sempre bem, um lombinho de porco fatiado que foi à frigideira dourar e que ficou excelente, e aos poucos tudo se foi compondo e em pouco tempo fiquei com a casa novamente em ordem!

 

Ingredientes:

| Arroz

| Alho

| Azeite

| Flor de Sal

| Manteiga

 

| Lombinho de Porco fatiado [fatias finas]

| Pimentão Doce

| Orégãos

| Alho granulado

| Flor de Sal

| Vinho Branco

| Azeite

| 2 dentes de Alho

 

Preparação:

Tempera-se a carne com um pouco de pimentão doce em pó, orégãos, flor de sal, alho granulado e um pouco apenas de vinho branco para ligar tudo muito bem.

Eu misturo assim com as mãos num recipiente e «esfrego» na carne.

Prepara-se o arroz, colocando num tacho um pouco de azeite, um dente de alho esmagado e o arroz.

Quando começar a estalar junta-se água, o dobro da medida do arroz, e tempera-se com flor de sal.

Cozinha-se até os bagos ficarem tenros e, no final, junta-se um pouco de manteiga e envolve-se.

 

 

Numa frigideira coloca-se um pouco de azeite e dois dentes de alho laminados.

Junta-se o lombinho de porco fatiado e frita-se de ambos os lados até dourar a gosto.

Como usei fatias finas cozinham muito depressa:

 

 

Acompanhei com amêndoas tostadas.

 

Print Friendly, PDF & Email
10
8 Responses
  • Elisa
    Novembro 6, 2018

    Maravilhoso 😉

  • Margarida de Sousa
    Novembro 6, 2018

    Olá Luísa Alexandra,

    Identifiquei-me muito com o facto de não andares bem se a casa não estiver limpa e organizada. Eu também sou assim!! Tem de estar tudo muito direitinho para a minha cabeça andar bem!!

    Beijinhos
    Margarida
    https://minhacasadopatio.blogspot.com/

    • Luísa Alexandra
      Novembro 6, 2018

      Nem toda a gente percebe este estado de espírito!
      Fico contente em saber que não sou a única 🙂

  • Bia
    Novembro 6, 2018

    Às vezes o mais simples é sem duvida o mais saboroso é com certeza que estejas jantar serviu para aconchegar um pouco depois de um dia desses… 😊

  • Manuela
    Novembro 6, 2018

    Olá, Luísa,
    desculpe a pequena “faricapa”, e acredite que eu sou como a Luísa ao gostar de ver coisas organizadas mas… se foi a primeira a sair,os seus filhos não fazem as camas? E não podem colocar a maquina a lavar?
    Dando o meu exemplo, eu vim de um contexto ultra protegido e tivemos sempre empregada domestica a tempo inteiro pelo que eu nunca fazia nada. Pois, varios anos depois pago o preço disso: demorei anos a conseguir estabelecer uma organização domestiuca e admito que nao sou a pessoa que limpa melhor. E nao sei passar a ferro. Faco tudo o melhor que posso e sei mas tenho consciencia das minhas limitacoes. Hoje dou valor e considero que a aprendizagem domestica e fundamental na educacao dos jovens.

  • Anabela
    Novembro 12, 2018

    Olá Luísa. quanto à casa identifico-me consigo. Camas feitas, loiça arrumada na máquina, casas de banho mais ou menos em ordem e já a aflição não é tanta.
    Quanto ao seu comer é sempre simples e muito agradável. Parabéns. Beijinho.

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *