Entrecosto de Porco no Tacho com Arroz de Feijão e Brócolos

Quinta-feira, Março 7, 2019

 

 

Sabem aquelas refeições que fazem sempre sucesso?

Pois esta é uma delas!

Assim do mais tradicional possível, com aquele tempero Português que sabe sempre tão bem 🙂

 

Entrecosto de Porco no Tacho

Ingredientes:

| Entrecosto de Porco

| Vinho Branco

Massa de Pimentão

| Alho

| Louro

| Azeite

| Cebola

| Alho

| Flor de Sal

| Salsa ou Coentros

 

Preparação:

Umas horas antes tempera-se o entrecosto com vinho branco, massa de pimentão, alho laminado e louro.

Eu peço no talho uma peça de entrecosto com mais carne, para fazer no tacho, e já cortado em pedaços pequenos.

Num tacho coloca-se azeite, cebola e alho laminado, deixando fritar até estalar.

Adiciona-se o entrecosto, juntamente com a marinada e tempera-se com uma pitada de flor de sal. Deve ter-se em atenção que a massa de pimentão costume ser bem salgada, por isso deve sempre juntar-se pouco sal, ou apenas rectificar no fim.

Cozinha durante 20 minutos, dependendo da quantidade.

Eu gosto de deixar apurar bem o molho, por isso quando vejo que a carne já está tenra aumento a temperatura para apurar o molho e dar aquele ar dourado à carne.

No final polvilha-se com salsa ou coentros picados.

 


 

Arroz de Feijão

 

Ingredientes:

| Arroz

| Feijão Cozido

| Bacon em pedaços pequenos

| 1 Cebola pequena

| 2 Dentes de Alho

| Louro

| Azeite

| Flor de Sal

 

Preparação:

Faz-se um refogado com a cebola, os alhos, o louro, o azeite e o bacon em pedacinhos.

Basta apenas um pouco de bacon para dar sabor, mas também pode suprimir-se 😉

Junta-se a água necessária para cozinhar o arroz. Pode usar-se a água que vem no feijão, se usarem feijão de lata ou frasco.

Adiciona-se o arroz e deixa-se cozinhar.

Tempera-se de sal.

Quando estiver quase cozida junta-se o feijão cozido [usei de lata].

Envolve-se, rectificam-se os temperos e polvilha-se com salsa ou coentros picados.

 

 

Serviu-se também com brócolos cozidos.

Uma refeição mesmo saborosa!

 

 

 

Print Friendly, PDF & Email
11
5 Responses
  • Anabela
    Março 7, 2019

    Querida Luísa Alexandra, sou sua seguidora e simpatizo muito com as suas dicas… Adoro.!
    Queria que se informasse com especialistas e depois transmitisse nas suas dicas sobre os liquidos que vêm nas latas, nos frascos e até nos sacos do peixe em embalagens de plástico.
    Digo isto porque nesta receita mandou pôr o líquido da lata de feijao…
    Aconteceu há uns anos estar a fazer lulas na bimby, deixei o saco das lulas descongelar no frigorífico, ficou lá dentro da descongelação um pouco de água… Como precisava de acrescentar um pouco de água ao refogado pois estava com pouca água… (nunca o tinha feito antes, lavava sempre o que quer que fosse, feijão, peixe, milho…) fui juntar digo pela primeira vez a água do saco das lulas..
    Resultado… Passados 10 minutos o meu marido que se deliciou com o pão no molhinho…
    Parecia o HULk.. Liguei para o 112 resultado um choque anafilatico resultante dos conservante que estes produtos têm que ter para se aguentarem.. Cuidados intensivos, todo ligado para o hospital…
    Ficou bem mas correu risco de vida.
    Por isso peço que consiga com alguém que saiba sobre este assunto, até lá vou lavar sempre tudo que vem em lata vidro ou saco.
    Muitos parabéns e muito sucesso.

  • Mary
    Março 7, 2019

    Uma refeição, bem ao agrado cá de casa,…
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

  • Joana Silva Brandão
    Março 13, 2019

    ora cá está a refeição que vou hoje colocar na mesa! Obrigada pela receita. Beijinhos

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *