Pudim Caseiro de Leite de Coco e Praliné de Amêndoas

Quinta-feira, Dezembro 12, 2019

 

 

Temos o Natal mesmo a chegar e um pudim caseiro não pode faltar!!!!!

Até rimou 🙂 🙂 🙂

Não tenho por hábito fazer pudins cá por casa pois não somos grandes apreciadores, mas nesta altura do ano gosto sempre de experimentar uma receita nova, e esta vale a pena partilhar!

O pudim é bem simples de fazer e fica com um aspecto e um sabor caseiro mesmo muito bom 😉

 

Ingredientes:

| 6 Ovos

| 400 ml. de Leite de Coco [1 lata]

| 370 gr. de Leite Condensado [1 lata]

| Leite [usar a medida da lata do leite condensado]

| Praliné da Vahiné [em alternativa pode usar-se amêndoas picadas]

| Açúcar para fazer o caramelo

 

Preparação:

Misturar bem os ovos com o leite de coco, o leite condensado e o leite [usar a lata de leite condensado e encher de leite].

Usei a varinha mágica para misturar tudo bem, mas pode fazer-se com um robot de cozinha ou até mesmo com um fouet, visto ser uma mistura bem líquida é fácil de misturar:

 

 

 

 

Juntar o praliné, usei uma embalagem da Vahiné.

Em alternativa, visto que este praliné não é muito fácil de encontrar à vende, pode usar-se cerca de 100 gr. de amêndoas torradas picadas:

 

 

Convém usar uma forma com tampa para este tipo de pudim, pois vai cozer em banho maria, eu tenho esta forma da Metalúrgica que é o ideal:

 

 

Entretanto liga-se o forno a 190º na função ar forçado com resistência de cima e de baixo.

Coloca-se lá dentro um tabuleiro de forno fundo e enche-se de água. Gosto de colocar um pano no fundo para segurar melhor a forma e a água não evaporar tão depressa:

 

 

 

Prepara-se o caramelo, levando a forma ao lume alto com duas colheres de açúcar até este caramelizar.

Deixa-se arrefecer ligeiramente para solidificar e deita-se a mistura na forma:

 

 

Tapa-se e coloca-se a forma no forno, dentro do tabuleiro com água:

 

Cozinha durante uma hora.

Apaga-se o forno e deixa-se ainda uns minutos a forma lá dentro [pois é perigoso tirar o tabuleiro com a água a ferver, deixo sempre arrefecer um pouco].

Deixa-se arrefecer o pudim completamente, colocando no frigorífico ou então apenas desenformando no dia seguinte.

Tem que ser desenformado totalmente frio!

 

 

Fica muito bom!

Com uma textura bem húmida e agradável.

 

 

O topo com as letras é da Misa:

https://www.facebook.com/lojamisa/

Print Friendly, PDF & Email
2 Responses
  • Anabela Bispo
    Dezembro 12, 2019

    Cá em casa todos gostamos deste tipo de pudins, este vai ser feito neste Natal com toda a certeza 🙂
    Obrigada pela receita.
    Um beijinho

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *