Pescada com Natas

Quinta-feira, Janeiro 9, 2020

É uma receita que a todos agrada por aqui, e por isso mesmo fi-la para um jantar de família 🙂

Deixo abaixo o modo como a preparado, mas que também já partilhei com mais pormenores em fotografias aqui:

 

Pescada com Natas

 

Nesse posts pode perceber-se mais detalhadamente como faço o béchamel 😉

Ora então as quantidades que deixo abaixo são para uma receita que serve três a quatro pessoas, mas nas imagens a receita foi triplicada, pois éramos bastantes à mesa 😉

 

Ingredientes:

| Mimos de Pescada do Cabo da Pescanova

| 2 Ovo

| 1/2 Cebola

| 1 dente de Alho

| Batatas para fritar

| Miolo de Camarão Gigante da Pescanova

| 1/2 colher de sopa de margarina

| 1 colher de sopa [bem cheia] de farinha

| Leite, coloquei uns 200 ml.

| Pimenta

| Flor de Sal

| 200 ml. de Natas

| Queijo ralado

 

Preparação:

Cozem-se os mimos de pescada [congelados] e os ovos.

 

 

Descascam-se as batatas, lavam-se bem e cortam-se em palitos finos.

Fritam-se até dourarem ligeiramente.

 

 

Faz-se um refogado com um pouco de azeite, cebola picada e alho.

Deixa-se alourar a gosto.

Junta-se os medalhões de pescada cozidos e desfazem-se com a colher de pau até ficarem em pedaços pequenos.

 

 

Apaga-se o lume.

No tacho onde se cozeram os medalhões de pescada, e aproveitando a água da cozedura [era só um pouco mesmo pois a maior parte evapora na cozedura], junta-se a margarina e a farinha e mistura-se.

Adiciona-se o leite, eu vou colocando a olho.

Deixa-se engrossar até ficar um béchamel bem cremoso.

Pode deixar-se mais espesso ou mais fluído, conforme se prefira a consistência da receita.

Eu gosto que fique cremoso mas não escorra da colher ao servir.

Tempera-se o béchamel com pimenta e flor de sal.

Não coloquei sal nem nas batatas nem no peixe, só temperei mesmo o béchamel.

Mas deve sempre rectificar-se os temperos antes de levar ao forno 🙂

Junta-se o béchamel ao peixe e adicionam-se também as batatas, ovo cozido cortado em pedaços, o miolo de camarão [descongelado] e as natas, envolvendo tudo.

O miolo de camarão irá cozinhar depois quando for ao forno, pode ser colocado assim em crú, mas descongelado, sem problema.

 

 

Transfere-se para um pirex de forno, polvilha-se com queijo ralado e leva-se a forno pré aquecido a 200 º até dourar a gosto.

 

 

É uma receita que rende bastante, e que pode inclusive ser preparada antecipadamente.

Assim para festas torna-se o ideal 🙂

Em alternativa à pescada pode usar-se bacalhau.jantar

Print Friendly, PDF & Email
10
1 Response
  • Lina Gabriel
    Janeiro 9, 2020

    Uau, ficou lindo!
    É um prato que dá para fazer com muita coisa, frango, bacalhau, pescada, é bem versátil!
    Nas minha versões, eu prefiro cozinhar o ingrediente principal (bacalhau ou outro) refogando-o a partir de crú com a cebola, isto é, não o cozo primeiro. Acho que dá mais sabor. E quanto ao bechámel, se não tiverem “pachorra” para o fazer, experimentem o da marca DIA/Minipreço. É bem grossinho e apaladado, experimentei uma vez e gostei muito. Tenho sempre à mão, para gratinados, etc.
    Bons cozinhados!
    Lina

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *