Arroz de Frango Caseiro com Linguiça

Sexta-feira, Setembro 11, 2020

 

 

 

Partilhei com vocês no Instagram uma foto destes generosos frangos caseiros que compramos a um colega cá de Fátima:

 

 

 

 

São criados ao ar livre, e tem todas as qualidades que os frangos caseiros devem ter: grandes e com carne mais firme.

Por isso mesmo exigem um tempo de cozedura maior do que os frangos de aviário.

É aquele carne que se mantém firme e por isso deve ser bem cozinhada para ficar no ponto 🙂

O que eu gosto de fazer quando tenho assim frangos caseiros é aproveitar ao máximo todas as partes do  animal.

As zonas com mais ossos cozo na panela de pressão e depois retiro a carne que uso em canja ou arroz, como hoje vos mostro.

Apesar de dar trabalho e exigir tempo, é uma excelente maneira de aproveitar tudo.

Só ficarem mesmo os ossos que os meus cães adoraram!!!!

 

Aproveito também o caldo da cozedura tanto para a canja como para o arroz.

 

Ingredientes:

| Frango Caseiro, usei as partes com mais ossos de dois frangos

| Sal

| 1 Cebola

 

| 1 Cebola pequena

| 1 dente de Alho

| 1 Linguiça [+ 1 para colocar por cima se gostarem]

| 1 Folha de Louro

 

Preparação:

Como referi, aproveitei a carne que retirei da zona dos ossos de dois frangos caseiros.

Coloquei tudo a cozer numa panela de pressão com uma cebola inteira.

Quando a carne já está bem tenra retira-se os ossos e aproveita-se também o caldo da cozedura [retirando a cebola].

 

Uma parte dos pedaços de carne fiz um refogado, outra parte juntei ao arroz.

Para o refogado, num tacho coloca-se uma cebola pequena picada e um dente de alho.

Junta-se uma folha de louro e uma linguiça cortada em rodelas pequenas.

Frita-se tudo até a linguiça largar a gordura e todos os temperos que tem.

Junta-se então a carne retirada dos ossos e envolve-se para ganhar gosto.

Transfere-se para um pirex de forno:

 

No mesmo tacho aproveita-se para fazer o arroz.

Junta-se o arroz, o dobro da quantidade em água [usei a água da cozedura do frango que já tem todos os temperos necessários].

Tempera-se de sal se necessário.

Juntei ainda mais um pouco da carne retirada dos ossos:

 

 

Cozinha-se até o arroz ficar tenro.

Transfere-se para o pirex, por cima da carne refogada:

 

 

 

Por cima, e a gosto, junta-se uma linguiça cortada em pedaços:

 

 

Vai ao forno até dourar a gosto:

 

 

Ficou mesmo óptimo, eu gosto muito do arroz cozinhado no caldo de cozedura do frango.

Aproveito sempre que sobra para congelar esse caldo da cozedura, que pode posteriormente ser aproveitado para se cozinhar assim o arroz, dá um sabor mesmo delicioso!

 

 

É uma boa receita para se congelar, pessoalmente não congelo refeições prontas, mas para quem tem essa necessidade é uma boa opção.

 

Print Friendly, PDF & Email
1 Response
  • Leonete Santos
    Setembro 12, 2020

    O arroz de frango deve ter ficado bom, a julgar pelas fotos! Mas atenção, não se deve dar ossos de frango aos cães!

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: