Carvão Zero

Segunda-feira, Maio 16, 2016

P1040337

 

Fiquei a conhecer recentemente um produto que muito me intrigou: o CARVÃO ZERO.

Cá em casa fazemos imensos grelhados e o meu marido costuma comprar sacos grandes de carvão que ficam na garagem e que depois vamos usando conforme as necessidades. Por isso quando me disseram que este carvão era bem melhor que o comum e que além disso as embalagens eram bem mais pequenas mas duravam muito mais, claro que quis experimentar!

17

________________________________________________

Segundo o site www.carvaozero.pt

ZERO não tem toxinas, fumos e detritos.
ZERO é mais fácil de acender.
ZERO queima durante 3,5 horas.
ZERO não tem alcatrões, furanos, naftalenos, PAHs, aromáticos ou fenóis.
ZERO é 100% ecológico e produzido de forma sustentável.
ZERO é o único carvão certificado pelo FSC e PEFC em Portugal.

ZERO TOXINAS

Sabia que, por cada Kg de carne confeccionada com carvão tradicional, está a ingerir o equivalente em toxinas a 600 cigarros*? Mude para ZERO, que não liberta toxinas.

*Fonte: Cancer Prevention by Changing Diet, Wisconsin Institute of Nutrition, LLP

Fonte: www.carvaozero.pt

________________________________________________

Bem, eu usei e realmente pude comprovar a sua eficácia.

Eu gosto de acender o lume da churrasqueira assim: primeiro coloco duas ou três pinhas, uma pequena acendalha e algumas tábuas pequenas, tenho sempre tábuas das paletes de madeira em que vem as resmas de papel da Tipografia onde trabalho e que dão imenso jeito para acender o lume. Ou então aqueles pequenos pedaços de madeira que se compram em sacos grandes de desperdício. É sempre o que uso para acender o lume.

Faço uma pequena fogueira no centro da churrasqueira, quando já está bem ateado é que junto o carvão.

Não é propriamente assim que é indicado na embalagem, onde referem para acender apenas com o carvão e a acendalha que lá vem dentro, mas eu gosto de fazer as coisas cá à minha maneira por isso assim foi 🙂

O carvão realmente é muito fácil de acender, rapidamente fica incandescente  e pronto a usar.

Quando à parte de não deitar fumos… bem… como eu referi eu fiz uma fogueirinha com outro tipo de materiais, por isso deitou fumo sim. Talvez usando apenas o carvão tal não aconteça, mas essa parte não posso comprovar. Mas eu acho sempre que eu questão de fumo uma boa churrasqueira, que defume bem, é o principal. A nossa cá de casa nesse aspecto é o máximo, puxa muito bem e rapidamente se consegue o braseiro para os grelhados.

O que achei com este carvão é que mais rapidamente fica em brasa, nesse aspecto é bem interessante.

 

P1040338

 

P1040342

 

As imagens ainda não tem sabor ou aroma, mas eu garanto que estes grelhados estavam o máximo!

O carvão zero foi aprovado cá por casa!

 

P1040346

 

O meu carvão zero veio daqui:

http://www.merceariaemcasa.pt/carvao-acendalhas-petroleo/4305-carvao-zero-biologico-15dm3-2-5kg-5kg.html

 

Aproveitem que agora está em promoção com portes grátis 😉

 


Fotos: Panasonic Lumix DMC-TZ70EG-K

Print Friendly, PDF & Email
5 Responses
  • Cristina Monteiro
    Maio 16, 2016

    ora aí está uma excelente ideia!

  • isabel
    Maio 16, 2016

    Olá Luísa, eu faço o churrasco com madeira das paletes o meu marido nunca usa carvão e garanto que fica muito mais saudável.

    • Mary
      Maio 22, 2016

      Não quero ser alarmista, mas usar a madeira das paletes para fazer o churrasco não me parece ser boa ideia…
      A madeira das paletes por norma tem um tratamento químico contra insectos, e fazer uma fogueira com essa madeira é duplamente mau, pois respira-se as toxinas no momento da combustão e depois os alimentos ficam também contaminados …

      Acho que só se as paletes sofrerem um tratamento térmico é que são mais seguras, mas mesmo assim podem ter transportado produtos que derramem ex uma palete de embalagens de lixívia, um garrafão rebenta e escorre como a madeira é um produto poroso, absorve a lixívia e quando secar não se nota nada….

      Espero que compreenda o meu alerta e deixo este link que explica bem : http://www.joiadecasa.com.br/voce-sabia/tudo-oque-voce-precisa-saber-antes-de-reutilizar-um-pallet/

  • Pedro Goís
    Maio 21, 2016

    Já testei, e posso dizer:
    É pena que no saco só vem “desperdício”, se viesse pedaços de carvão a sério, não seria má ideia!!!!
    Muita parra, para tão pouca uva…

    • Luísa Alexandra
      Maio 22, 2016

      Pedro não entendi muito bem o que refere de “desperdício”… O carvão 0 que uso vem em pedaços grandes e acende sem problema, é o que temos usado nos grelhados cá de casa e estamos satisfeitos.

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: