Guacamole [Abacate Esmagado com Temperos]

Sábado, Maio 5, 2018

 

São vários os posts que tenho cá no blog em que mostro guacamole como acompanhamento.

Gosto bastante e faço com frequência.

Abacate é um ingrediente que aprendi a gostar: a primeira vez que o comi [tive a má experiência de o provar sem estar bem maduro…] não gostei mesmo nada e passaram meses até que o voltasse a experimentar. Hoje em dia compro com frequência cá para casa e o modo como mais gosto de o comer é com temperos de guacamole.

Encontrei à venda no Continente de Leiria uma embalagem de temperos em pó para guacamole, da Old El Paso, e comprei para testar.

Gostei mesmo muito do resultado, que aqui partilho com vocês 🙂

Basta esmagar um abacate com um garfo, ter em atenção que deve estar bem maduro para se esmagar com facilidade e ser mais saboroso:

 

 

 

Junta-se depois os temperos a gosto.

Visto que foi a primeira vez que usei este tempero coloquei apenas um pouco, misturei e provei.

Fui juntando mais até ficar a meu gosto, é um tempero bem condimentado e ligeiramente picante, mas nada de exagerado.

 

 

Depois de bem misturado juntei um pouco de sumo e raspa de limão, que acho essencial juntar ao abacate.

Misturei bem e está pronto a comer.

Ficou mesmo muito bom!

 

 

Pode ainda juntar-se um fio de azeite e de pimentão doce, se gostarem.

 

 

 

Print Friendly, PDF & Email
3
4 Responses
  • Anabela
    Maio 5, 2018

    Nunca experimentei, mas vou fazê~lo. Obrigada por mais esta receita. Beijinho.

  • Ana
    Maio 6, 2018

    Luísa como é k vê se o abacate esta maduro?
    Eu tb comprei uma vez e n gostei ,ate agora n comprei mais.

    • Luísa Alexandra
      Maio 7, 2018

      Eu gosto de os comprar firmes e deixar na fruteira durante uma semana, mais ou menos, até ficarem bem maduros. Quando o pícaro sai com facilidade é sinal de que está maduro, mas eu só os consumo quando, ao apertar ligeiramente, estão molinhos. Tipo os kiwis.

  • Prato Caseiro
    Maio 6, 2018

    Gosto muito e o teu ficou bem ao meu gosto.

O que você pensa?

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *